Holga

1237566802364_f

A câmera Holga, projetada por T.M. Lee, foi produzida inicialmente em 1982 na China, com a pretenção de ser uma câmera barata e acessível à boa parte da população e que utilizasse o então filme mais popular na China, o filme 120 (médio formato).

O sucesso da Holga se deu graças à popularização das toy-cameras e da fotografia lo-fi no Ocidente, sendo vendidas mais de meio-milhão de unidades em 20 anos em mais de 30 países.

Sendo considerada a sucessora da câmera Diana, a Holga mantém a estética lo-fi, utilizando lentes e corpo de plástico. As lentes de plástico causam distorções nas fotos, criando um efeito de “sonho”, que tem sido muito procurado por fotográfos de arte, amantes da fotografia e entusiastas em geral. Esse efeito é causado pela má qualidade das lentes e por serem em uma única peça, diferente da maioria das câmeras. Outro efeito conhecido é o Vignetting, que ocorre quando a câmera expõem sobre um frame de 6x6cm (este efeito também pode ser obtido com a Holga 135 BC que funciona com filme 35mm), deixando as bordas do frame mais escuras que sua parte central. A Holga apresenta 2 seleções de abertura de diafragma. Devido à problemas na linha de montagem nos primeiros anos de fabricação, por algum tempo este switch não apresentava nenhuma função, devendo-se calcular a abertura de f/13 de forma fixa.

Certa dificuldade pode ser encontrada por fotógrafos menos experientes ao carregar os filmes de médio formato em uma Holga, sendo que muitas vezes só é possível ter certeza do sucesso desta operação somente após a revelação das fotos. Nas Holga 120mm o botão de disparo do obturador fica ao lado da lente, e não no topo da câmera.

A maior parte das câmeras Holga possuem lentes de plástico com distância focal de 60 milímetros e foco de 1 metro até o infinito.
_ _

As câmeras Holga são com frequência modificadas por entusiastas da lomografia.
Algumas das customizacões feitas são:

* Revestir o interior da câmera com tinta preta para limitar o efeito da reflexão da luz no plástico do interior da câmera.
* Modificar o diafragma para que sejam possíveis f/ stops maiores.
* As lentes e o mecanismo de disparo podem ser substituídos por mecanismos de pinhole.
* Substituição das lentes de plástico originais por lentes de vidro da versão Wocca.
* Alguns modelos possuem acessórios que modificam o tamanho dos frames (4.5x6cm e 6×6 cm) e que possibilitam o uso de filme 35mm nas câmeras 120mm.
* Câmeras de médio formato como as Hasselblad passam por modificações na baioneta para aceitar lentes das Holga.
* As lentes de plástico das Holga podem ser adaptadas para uso em câmeras SLR Canon EOS, Nikon f-mount, Pentax, Sony, Olympus e Minolta.
_ _

Acessórios:

* Adaptador para uso de filme 35mm em Holgas 120mm: Disponíveis em dois modelos: full negative e panorâmico. Ambos vêm com uma porta traseira à prova de luz e máscara que segura o rolo de filme 35mm no lugar.
* Filtros (coloridos, efeitos epeciais e center hole)
* Suportes para filtros
* Lente FishEye
* Flashes Coloridos
* Slave Flashes
* Cabo de disparo
* Cortador de fotos para formato FishEye
* Ampliadores para uso em estúdio com lentes Holga

fonte: Wikipedia
_ _

a ‘câmerazinha’ é FODA!!

Uhu!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s